Instituto Acqua cria Ponto de BookCrossing

O Instituto Acqua Ação Cidadania Qualidade Urbana e Ambiental, organização sem fins lucrativos, iniciou no Dia do Livro (29/10), uma campanha para arrecadar livros e criar um Ponto de BookCrossing em seu escritório central, localizado em Ribeirão Pires, município da Região Metropolitana do Estado de São Paulo.

Com o título “Deixe a fantasia escapar da prateleira“, a iniciativa está sendo divulgada entre cerca de mil colaboradores, nos escritórios em Osasco, São Bernardo do Campo, Santa Isabel, Cotia, São Paulo e Ribeirão Pires – onde é mantida uma sala verde com biblioteca -, e pede a doação de livros de literatura, inclusive infantil, em bom estado.

Anúncios

USP promove debate sobre Direito Administrativo do Investimento

Visando discutir o atual cenário brasileiro de investimentos públicos e privados em projetos de infraestrutura, no dia 07 de novembro, das 9h30 às 12h, ocorre na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) o painel de debates “Direito Administrativo do Investimento: O investidor e o Estado nos projetos de infraestrutura nacional”, no qual serão exploradas as bases normativas da Administração Pública que sustentam e dão proteção a este regime de investimento, bem como investigados os mecanismos de solução de controvérsias em litígios desta natureza, mormente a arbitragem.

O evento é realizado pelo Departamento de Direito do Estado da faculdade e coordenado pelo Consultor em Direito Público, Árbitro e Professor de Direito Administrativo Justino de Oliveira, mediador do debate. Participam da mesa como debatedores Gustavo Fernandes de Andrade, Procurador do Estado do Rio de Janeiro, Fabio Alves Moura, advogado especialista em investimentos de infraestrutura, Rafael Dias Côrtes, Mestrando em Direito do Estado e Pesquisador do NEPAD/USP.

Gratuito, o evento é aberto à comunidade em geral e acontece no novo auditório da Faculdade de Direito da USP. As inscrições podem ser feitas no local, com uma hora de antecedência, ou pelo e-mail escritorio@justinodeoliveira.com.br.
Agenda
Painel de debates “Direito Administrativo do Investimento: O investidor e o Estado nos projetos de infraestrutura nacional”
Data: 07 de novembro de 2012 (quarta-feira)
Horário: 9h30 às 12h
Local: Auditório da Faculdade de Direito da USP (Prédio Histórico, 1º andar) – Largo de São Francisco, 95 – Centro – São Paulo/SP
Inscrições: no local ou pelo e-mail escritorio@justinodeoliveira.com.br
Evento gratuito. Será emitido certificado de participação.

Assessoria de Imprensa
Helena Castello Branco

Lançamento: A Força da Palavra – Betty Milan

Caleidoscópio de ideias contemporâneas, A força da palavra reúne conversas com alguns dos maiores intelectuais e escritores do século 20. São 32 personagens apresentadas na sua originalidade, graças ao procedimento de Betty Milan, que respeita a liberdade e o estilo do entrevistado e não submete o diálogo a esquemas preconcebidos.

Aqui desfilam detentores dos mais importantes prêmios literários de vários países, como o italiano Strega (Claudio Magris), os franceses Femina, Médicis e Goncourt (Alvaro Mutis, Hector Bianciotti, Tahar Ben Jelloun, Dominique Fernandez, Andrei Makine), o Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras (Gilberto Freyre), o Nacional do Livro dos Estados Unidos (Gregory Rabassa). E, claro, dois Prêmios Nobel de Literatura, o mexicano Octavio Paz e o chinês Gao Xingjian.

Comparece ainda um time de mulheres que brilham no ensaísmo e na ficção, como a psicanalista Catherine Millot, estudiosa dos links entre sexo, gênero e literatura; Hélène Cixous, especialista em Clarice Lispector; Alicia Dujovne Ortiz, biógrafa de Evita e Maradona; Françoise Giroud, jornalista e ministra inaugural da pasta da Condição Feminina da França; Michèle Sarde, biógrafa de Marguerite Yourcenar e estudiosa da mulher francesa; Juliette Minces, autoridade em condição da mulher no mundo muçulmano; e a queridinha dos leitores e cinéfilos dos anos 50 e 60, Françoise Sagan.

Uma viagem meditada que se inicia sempre por um livro, A força da palavra tem assunto para todo leitor inteligente – da arquitetura à mestiçagem; do exílio do artista ao roteiro de cinema como literatura; da corrupção dos políticos à má fama de James Joyce em sua terra; da guerra contra a aids à psicanálise; do estatuto de autor de quem dita ao de mero escriba para o que escreve… os temas sempre derivam para enfoques inesperados e surpreendentes num livro de entrevistas que não é comum, porque a entrevistadora é incomum.

História

Publicado pela Editora Record em 1996 e lançado no Auditório da Folha com debate e participação de vários jornalistas. Por causa desse livro, Betty Milan foi convidada a dar conferências por muitos departamentos de jornalismo de universidades brasileiras. Esgotada a obra nas livrarias, a autora preparou a segunda edição corrigida e ampliada, que ganhou mais 11 entrevistas, feitas e publicadas até 2004, incluindo a que lhe foi concedida pelo sociólogo brasileiro Gilberto Freyre sobre a cultura do brincar, e as de dois escritores chineses de destaque: o romancista e dramaturgo Gao Xingjian e o poeta Bei Dao.

Orelhas

A literatura talvez seja a arte de não chamar as coisas pelo seu nome…de se deixar levar pelas palavras. Hector Bianciotti

Marx fez da abertura crítica uma palavra de ordem. Trabalhar com o espírito de Marx significa pensar com espírito de justiça. Jacques Derrida

Há uma relação entre a palavra destino e a palavra liberdade. Afim de que o destino se realize é necessário que ele conte com a cumplicidade dos homens. Octavio Paz

O riso é motivo de orgulho. Para rir é preciso ter coragem. Françoise Sagan

Ficha Técnica
A Força da Palavra
Autora: Betty Milan
Editora Record
2ª edição
Páginas: 404
ISBN: 978-85-01-09990-7
Formato: 14cmx21cm
Preço: R$ 54,90
Gênero: Ensaios

www.bettymilan.com.br

Assessoria de Imprensa
Helena Castello Branco
Comunicação & Cultura

Mawaca apresenta seu novo espetáculo em São Paulo

O grupo Mawaca, especializado em cantar nas mais diversas línguas do mundo, apresenta no dia 08 de novembro, em São Paulo, seu novo espetáculo Cantos da Floresta. O evento acontece no Teatro Anhembi Morumbi, às 21h, tendo o cantor Ibã Kaxinawá e integrantes da Comunidade Bayaroá como convidados.

Baseado no CD e DVD Rupestres Sonoros – O Canto dos Povos da Floresta, Cantos da Floresta dá continuidade ao projeto iniciado em 2011, quando o Mawaca, em turnê pela Amazônia, criou intercâmbios com seis diferentes grupos indígenas do Acre, Rondônia e Amazonas com visitas às aldeias e depois dividindo o palco com cada um deles. Apresenta arranjos criativos e instigantes sobre canções dos Paiter Suruí, Ikolen-Gavião e Tupari (Rondônia), dos Kayapó e Txucarramãe (Xingu), dos Wari (Guaporé) e dos Kaxinawá.

Grande conhecedor dos cantos de Nixi Pae, Ibã Kaxinawá pertence ao povo Huni-Kuin, do Acre, mais conhecido como Kaxinawá. Já a Comunidade Bayaroá é um grupo de remanescentes de diversos povos do Rio Negro, responsáveis por uma música que inclui a Dança do Cariço e as flautas Japurutu, executada neste espetáulo.

A apresentação faz parte do projeto Dançando Pela Paz, realizado pelo Centro de Estudos Universais e Fundação Brasil 2000 com o objetivo de difundir a cultura de paz utilizando a música e a dança como instrumentos, e sua renda será revertida para a Campanha Solidária ao Povo Guarani Kaiowá. No lobby do Teatro Anhembi Morumbi, serão exibidas fotos de Eduardo Vessoni e Eduardo Pimenta que retratam a turnê do Mawaca pela Amazônia.

Mais informações sobre o Mawaca e Cantos da Floresta:
www.mawaca.com.br e www.youtube.com/watch?v=4fpZ5PZC6Nc

Agenda
Dançando Pela Paz – Danças e Ritmos do Mundo

Show “Cantos da Floresta” com Mawaca e convidados: Ibã Kaxinawa e Comunidade Bayaroá
Data e hora: 08 de novembro, às 21h
Local: Teatro Anhembi Morumbi
Rua Dr. Almeida Lima, 1176, Mooca – São Paulo/SP
(próximo à Estação Bresser-Mooca do Metrô – clique aqui para ver o mapa)
Tels: 11 2872-1457 e 11 2872-1458
Lugares para portadores de necessidades especiais: sim
Capacidade do teatro: 760 lugares
Bilheteria: ter. a dom., das 14h às 19h. Em dias de espetáculo a venda na bilheteria pode ser feita até o início da peça ou pelo www.ingressorapido.com.br
Ingressos: R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia)
Estacionamento: em frente ao teatro (terceirizado)
Censura: livre

Assessoria de Imprensa
Helena Castello Branco
Comunicação & Cultura

UPF inaugura o 22º Ponto Oficial de BookCrossing no Brasil

A Universidade de Passo Fundo (UPF), RS, inaugura neste dia 02 de outubro o 22º Ponto Ofical de BookCrossing no Brasil. A iniciativa surgiu por parte da comunidade acadêmica do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), com o objetivo de incentivar a leitura. Uma estante permanente do BookCrossing ficará localizada no saguão do Instituto. Para participar da iniciativa, basta ir até o local libertar ou trocar os livros.

De acordo com os organizadores do BookCrossing na UPF, a ideia é que uma vez por mês seja promovido e divulgado um encontro da comunidade de leitores do movimento. O espaço também vai disponibilizar revistas, gibis, CDs, DVDs e outros materiais de leitura para troca.

Os outros Pontos de BookCrossing no Brasil estão localizados em cidades como Americana (SP), São Paulo (SP), Blumenau (SC), Porto Alegre (RS), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ). Confira a lista completa aqui.

O que é o BookCrossing?

O BookCrossing é um conceito que pode ser resumido como a prática de deixar um livro num local público para ser encontrado e lido por outro leitor que, por sua vez, deverá fazer o mesmo. O objetivo do BookCrossing é “transformar o mundo inteiro numa biblioteca”.

A ideia foi concebida em março de 2001 pelo programador Ron Hornbaker, nos EUA. No mês seguinte, foi lançado o site http://www.BookCrossing.com . Desde então, o movimento cresce a cada dia, tornando-se global: está presente em 132 países, com mais de 9,3 milhões de livros registrados e 1,3 milhões de membros.

O BookCrossing chegou ao Brasil em 2001, meses depois de ser lançado nos EUA, por meio da Internet e de livros que viajaram de um país ao outro. Está presente em todos os estados brasileiros, com cerca de 9 mil usuários cadastrados. Mais de 10 mil livros registrados foram libertados nos últimos 12 meses no país, pelos organizadores dos Pontos de BookCrossing e por leitores.

Assessoria de Imprensa
Helena Castello Branco
Comunicação & Cultura

USP realiza III Colóquio de Direito Administrativo sobre Arbitragem e Estado

O Departamento de Direito do Estado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) realiza, no dia 16 de outubro, o III Colóquio de Direito Administrativo: “Aspectos polêmicos envolvendo Arbitragem e Poder Público”. Sob a coordenação do Professor Doutor de Direito Administrativo, consultor e árbitro, Gustavo Justino de Oliveira, o evento tem por finalidade discutir as principais polêmicas que envolvem a arbitragem e a sua utilização no âmbito do Poder Público.

Fazem parte da mesa debatedora o Professor Doutor Carlos Alberto de Salles, Procurador de Justiça e Professor da USP, o Doutor Paulo Osternack do Amaral, advogado, o Doutor Felipe Moraes, Secretário Geral da CAMARB, a Doutora Beatriz Lancia Noronha de Oliveira, Defensora Pública, o Doutor Cássio Telles Ferreira Netto, Presidente-Fundador do CAESP, e o Professor Doutor Gustavo Justino de Oliveira (moderador).

O III Colóquio de Direito Administrativo tem o apoio institucional do Comitê Brasileiro de Arbitragem (CBAr), da Câmara de Arbitragem Empresarial – Brasil (CAMARB), do Conselho Arbitral do Estado de São Paulo (CAESP) e da Câmara de Arbitragem das Indústrias do Estado do Paraná (Caiep/FIEP). O evento é gratuito e tem como público-alvo advogados e gestores das esferas públicas e privadas, câmaras de arbitragem, alunos e professores de Direito e demais interessados.

Agenda
III Colóquio de Direito Adimistrativo: “Aspectos polêmicos envolvendo Arbitragem e Poder Público”
Data: 16 de outubro de 2012 (terça-feira)
Horário: das 9h30 às 12h
Local: Auditório da Faculdade de Direito da USP – (Prédio Histórico, 1º andar) – Largo de São Francisco, 95 – Centro São Paulo/SP
Inscrições: no local ou pelo e-mail escritorio@justinodeoliveira.com.br
Evento gratuito. Será emitido certificado de participação.