Traduzindo Hannah

Rio de Janeiro, anos 1930. O mundo caminha para a Segunda Guerra. No Brasil, uma revolta comunista acaba de fracassar e o Governo Vargas controla os passos de estrangeiros como os judeus concentrados na Praça Onze. Imigrante polonês, Max Kutner é um pacato sapateiro que se vê obrigado a trabalhar para a censura postal daContinuar lendo “Traduzindo Hannah”